AS CONTRIBUIÇÕES DA EQUOTERAPIA PARA O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR DA CRIANÇA COM TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA

  • BRENDA DARIENZO QUINTEIRO CRUZ UNINGÁ
  • CAROLINE ANDREA POTTKER

Resumo

Este artigo tem como objetivo investigar as contribuições da Equoterapia para o desenvolvimento psicomotor da criança com TEA (Transtorno do Espectro Autista). Para tanto, foram realizadas pesquisas em bancos de dados e indexadores, em busca de artigos, dissertações, teses, livros em sites especializados, sobre o tema em questão, selecionando os materiais referentes à área da Psicologia e da Educação Especial. O autismo é uma síndrome que se caracteriza pela falta de relação interpessoal, dificuldade na comunicação, movimentos repetitivos e estereotipias, bem como por dificuldades psicomotoras, a criança autista não desenvolve de maneira adequada as noções de Esquema Corporal, prejudicando também o desenvolvimento do equilíbrio estático, da lateralidade, da noção de rever­sibilidade, consideradas funções de base necessárias à aquisição da autonomia e aprendizagens cognitivas. Um dos tratamentos indicados é a Equoterapia, um método terapêutico que se utiliza de um cavalo como instrumento, visando trabalhar aspectos motores, cognitivos e afetivos, para um desenvolvimento biopsicossocial. A interação com o cavalo contribui para desenvolver novas formas de comunicação, socialização, autoconfiança e autoestima, bem como, a satisfação de montar no cavalo, que os aceitam como são, fazem com que elas busquem demostrar seus sentimentos por meio de expressões, de sons ou de palavras, aumentando sua capacidade cognitiva.
Publicado
2017-10-20
Como Citar
QUINTEIRO CRUZ, BRENDA DARIENZO; POTTKER, CAROLINE ANDREA. AS CONTRIBUIÇÕES DA EQUOTERAPIA PARA O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR DA CRIANÇA COM TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA. Uningá Review Journal, [S.l.], v. 32, n. 1, p. 147 - 158, out. 2017. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/143>. Acesso em: 26 jan. 2022.