O SOFRIMENTO PSÍQUICO CAUSADO PELO RACISMO E O SEU IMPACTO NA SUBJETIVIDADE

  • Elizama Franciane da Costa UNIPAC
  • Patrícia Alessandra de Oliveira

Resumo

O presente estudo tenciona retratar o sofrimento psíquico causado pelo racismo e procura descrever o seu impacto na subjetividade. De fato, sabe-se que, com a abolição da escravatura em 1888, através da Lei Áurea, os escravos foram libertados, porém apesar de estarem livres, não possuíam meios para reconstruírem suas vidas. Constata-se que, mesmo como ex-escravos, os negros passaram a constituir um grupo de população com direitos fundamentais privados, sofrendo preconceito e segregação. Dessa forma, esta pesquisa também aborda o ensino da cultura africana e indígena, na escola, buscando eliminar ou na melhor das hipóteses, minimizar o racismo. Assim, o racismo aparece camuflado nas práticas da sociedade, porém ele é a face grotesca do sistema capitalista. O método utilizado neste artigo caracteriza-se por ser um estudo de revisão de literatura, permitindo a criação de novos conhecimentos e saberes sobre o tema em questão. Como resultado deste exame, é imprescindível destacar que a subjetividade é afetada devido à discriminação racial, causando um intenso sofrimento psíquico na vítima. Sendo assim, a subjetividade é singular. Cada pessoa expressa medos, emoções, fracassos, perdas e/ou vitórias, de forma peculiar. Portanto, cada indivíduo constitui parte de uma única raça: a Humana. A conclusão dessa pesquisa torna necessário um país que lute pelos direitos humanos, proporcionando a igualdade entre todos os cidadãos, com o objetivo de um Brasil justo e equânime.
Publicado
2019-03-12
Como Citar
COSTA, Elizama Franciane da; OLIVEIRA, Patrícia Alessandra de. O SOFRIMENTO PSÍQUICO CAUSADO PELO RACISMO E O SEU IMPACTO NA SUBJETIVIDADE. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 1, p. 114-130, mar. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/444>. Acesso em: 27 maio 2019.
Seção
Artigos