CÁRIE PRECOCE DA INFÂNCIA: UMA VISÃO ATUAL EM ODONTOPEDIATRIA

  • Luma Fernandes de Araujo Curso de Odontologia da Universidade Salgado de Oliveira, Niterói, RJ, Brasil
  • Adilis Kalina Alexandria Curso de Odontologia, Universidade Salgado de Oliveira, Niterói, RJ, Brasil
  • Aline dos Santos Letieri Faculdade de Odontologia da UFRJ/RJ
  • Thais Rodrigues Campos Soares Curso de Odontologia da Universidade Salgado de Oliveira, Niterói, RJ, Brasil

Resumo

A cárie dentária é a doença crônica mais comum na infância, sendo responsável por causar impactos funcionais, estéticos e até mesmo na qualidade de vida dos pacientes afetados. Diante do exposto, o objetivo desse trabalho foi explorar uma visão atual da cárie precoce da infância, através de revisão de literatura. A American Academy of Pediatric Dentistry classifica a cárie precoce da infância como a presença de um ou mais dentes decíduos cariados (lesões cavitadas ou não), perdidos por cárie ou restaurados antes dos 71 meses de idade. No Brasil, a prevalência da cárie precoce da infância é de 60% entre as crianças com cinco anos de idade. Seu aparecimento na cavidade bucal ocorre pela interação de microrganismos hospedeiros e uma dieta cariogenica. Além disso, a cárie está relacionada ao contexto social, no qual, verifica-se que indivíduos com baixo nível socioeconômico apresentam maior prevalência da doença. Sendo assim, a prevenção tem um papel fundamental para o não desenvolvimento da doença e deve ter seu início desde a gestação, através de orientações dadas aos pais sobre hábitos alimentares e de higiene bucal a serem adotados a partir do nascimento da criança. Uma vez que a doença já esteja instalada, o tratamento proposto vai variar de acordo com o estágio no qual se encontra o processo carioso, diferenciando-se em abordagens preventivas, interceptativas e reabilitadoras.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Acadêmica de Odontologia
##submission.authorWithAffiliation##
  • Doutora em Odontologia (área de concentração em Odontopediatria) pela Faculdade de Odontologia da UFRJ/RJ, Professora de Odontologia da Universidade Salgado de Oliveira
##submission.authorWithAffiliation##
  • Mestre em Odontologia (área de concentração em Odontopediatria) pela Faculdade de Odontologia da UFRJ/RJ
##submission.authorWithAffiliation##
  • Doutora em Odontologia (área de concentração em Odontopediatria) pela Faculdade de Odontologia da UFRJ/RJ, Professora de Odontologia da Universidade Salgado de Oliveira
Publicado
2018-12-20
Como Citar
DE ARAUJO, Luma Fernandes et al. CÁRIE PRECOCE DA INFÂNCIA: UMA VISÃO ATUAL EM ODONTOPEDIATRIA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S3, p. 106-114, dez. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2170>. Acesso em: 24 abr. 2019.