PREVALÊNCIA QUANTITATIVA E SUBJETIVA DAS LESÕES BUCAIS ANALISADAS NA CLÍNICA DE CIRURGIA E ESTOMATOLOGIA DO CURSO DE ODONTOLOGIA UNINGÁ NO PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO DE 2016

Authors

  • CLAUBER ALEXANDRE DE CASTRO
  • WASHIGTON RODRIGUES CAMARGO

Abstract

Realizou-se exame clínico odontológico em 58 pacientes que
estiveram presente na Clínica de Cirurgia e Estomatologia
do Curso de Odontologia da UNINGÁ, no primeiro semestre
do ano de 2016. Dezesseis registraram lesões bucais. As
lesões encontradas nos respectivos pacientes foram analisadas
por meio de exame clínico, diagnóstico provável, para
posterior encaminhamento dos mesmos ao tratamento
odontológico inicial. No atendimento, avaliou-se gênero,
raça, idade e presença de lesões bucais. As lesões sob a óptica
do diagnostico provável foram: candidose, paracoccidioidomicose,
penfigoide, mucocele e crescimento tecidual
proliferativo não neoplásico.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2017-03-10

How to Cite

DE CASTRO, C. A., & CAMARGO, W. R. (2017). PREVALÊNCIA QUANTITATIVA E SUBJETIVA DAS LESÕES BUCAIS ANALISADAS NA CLÍNICA DE CIRURGIA E ESTOMATOLOGIA DO CURSO DE ODONTOLOGIA UNINGÁ NO PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO DE 2016. Uningá Review, 29(3). Retrieved from https://revista.uninga.br/uningareviews/article/view/1969