FRENECTOMIA LABIAL ASSOCIADA À ORTODONTIA PARA FECHAMENTO DE DIASTEMA

Authors

  • TATIANE DE MELLO CUSTÓDIO FONSECA
  • JULYANO VIEIRA COSTA
  • SUZANA GOYA
  • TEREZA CRISTINA ROSCHEL GIFFONI
  • LUCIMARA CHELES DA SILVA FRANZIN

Abstract

O freio também chamado de frênulo labial é uma prega
fina, que liga o lábio e a bochecha à mucosa alveolar e/ou
gengiva e periósteo subjacente. Normalmente, tem formato
triangular ou em leque com a base voltada para o lábio ou
mucosa gengival. Com o desenvolvimento da dentição o
freio reduz sua amplitude tornando-se fino e estreito, porém
se permanecer inserido na papila palatina ou na margem
gengival desenvolve uma patologia denominada de
freio tetolabial persistente, podendo causar efeitos estéticos
desagradáveis (diastema mediano), formação de bolsas
periodontais, recessão gengival, interferir na escovação, na
fonética, e no movimento labial. Este artigo tem como objetivo
relatar a importância de um diagnóstico precoce de
freio tetolabial superior persistente e instituir a melhor
forma de tratamento. O caso clínico se refere a uma paciente
de sete anos de idade, gênero feminino, que após a
erupção dos incisivos centrais e laterais superiores apresentava
clinicamente um diastema mediano superior. Após
exame clínico e radiográfico, inicialmente foi planejada a
cirurgia da frenectomia labial e após, a complementação
com tratamento ortodôntico, utilizando-se o aparelho removível
com grampos anteriores, para o fechamento do
diastema. O prognóstico foi favorável restabelecendo-se
assim a autoestima da paciente

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2017-01-10

How to Cite

FONSECA, T. D. M. C., COSTA, J. V., GOYA, S., GIFFONI, T. C. R., & FRANZIN, L. C. D. S. (2017). FRENECTOMIA LABIAL ASSOCIADA À ORTODONTIA PARA FECHAMENTO DE DIASTEMA. Uningá Review, 29(1). Retrieved from https://revista.uninga.br/uningareviews/article/view/1928

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>