TÉCNICA DE “SINUS LIFT” COM DIFERENTES TIPOS DE BIOMATERIAIS

Authors

  • PATRÍCIA SANCHES SILVA
  • RENATO VICTOR DE OLIVEIRA

Abstract

A implantodontia tem sido cada vez mais requisitada entre
pacientes edentulos que querem reestabelecer sua função
mastigatória e estética dentária. Contudo em alguns casos,
os pacientes apresentam déficit ósseo na região posterior de
maxila devido a pneumatização do seio maxilar após a
perda dos dentes, tornando a área inadequada para receber
os implantes. Diante destas condições o procedimento cirúrgico
de levantamento de seio maxilar associado ao enxerto
ósseo sinusal, tem se tornado um método de reabilitação
satisfatório, devolvendo ao paciente um nível ósseo
necessário para receber os implantes ósseointegraveís.
Sendo assim o objetivo deste trabalho, foi informar aos
cirurgiões dentistas através de uma revisão de literatura
sobre os possíveis materiais utilizados no procedimento de
levantamento de seio, ilustrando a técnica, através do relato
de um caso clínico onde o paciente foi reabilitado através
da enxertia utilizando o hidroxiapatita (Bio-Oss) e osso
autógeno em bloco. Concluiu-se que o osso autógeno é o
único que possui potencial osteogênico, e o que melhor se
encaixa a todos os requisitos para neoformação óssea. No
entanto há outros biomateriais sendo utilizados e obtendo
bons resultados, sendo a hidroxiapatita o biomaterial com
maior previsibilidade e manutenção do volume ósseo, permitindo
suportar a carga mastigatória.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2017-01-10

How to Cite

SILVA, P. S., & DE OLIVEIRA, R. V. (2017). TÉCNICA DE “SINUS LIFT” COM DIFERENTES TIPOS DE BIOMATERIAIS. Uningá Review, 29(1). Retrieved from https://revista.uninga.br/uningareviews/article/view/1923