DISTALIZAÇÃO DE MOLARES COM MINI-IMPLANTE NA CLASSE II: UMA REVISÃO DIDÁTICA

Authors

  • PEDRO ÂNGELO ALVIM CANCELLI
  • RENATA CRISTINA GOBBI OLIVEIRA
  • JULYANO VIEIRA DA COSTA
  • RICARDO CESAR GOBBI DE OLIVEIRA
  • ANDRESSA TRIBULATO LOPES NITRINI

Abstract

A má oclusão Classe II de Angle é caracterizada pela posição
distal dos primeiros molares inferiores em relação aos
superiores, esta má oclusão se divide em 1 e 2. A distalização
de molares superiores é uma ótima opção de tratamento
para a correção da Classe II. Atualmente esta distalização
vem sendo feita por dispositivos que não dependem da
colaboração do paciente, uma das opções são os mini-
implantes que são dispositivos de ancoragem temporários.
Estes tipos de dispositivos de ancoragem demonstram
ter uma alta versatilidade de utilização clínica, que permitem
a aplicação de forças contínuas imediatas e eficazes
para movimentação dentária. Este trabalho proporciona,
através de uma exemplificação didática, uma revisão dos
sistemas de distalização de molares com mini-implantes.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2017-01-10

How to Cite

CANCELLI, P. ÂNGELO A., OLIVEIRA, R. C. G., DA COSTA, J. V., DE OLIVEIRA, R. C. G., & NITRINI, A. T. L. (2017). DISTALIZAÇÃO DE MOLARES COM MINI-IMPLANTE NA CLASSE II: UMA REVISÃO DIDÁTICA. Uningá Review, 29(1). Retrieved from https://revista.uninga.br/uningareviews/article/view/1913

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>