PERCEPÇÃO DOS PACIENTES ONCOLÓGICOS, SOB QUIMIOTERAPIA, QUANTO ÀS COMPLICAÇÕES ORAIS ADVINDAS DO TRATAMENTO ANTINEOPLÁSICO EM UM HOSPITAL DO SUDOESTE PARANAENSE

  • Bruna Kamila Rottini Universidade Paranaense
  • Tainá Antunes de Lima Universidade Paranaense
  • Leticia de Freitas Cuba Guerra SPASSODONTO/UNINGÁ

Resumo

Os pacientes com doenças oncológicas, normalmente, são submetidos à tratamento antineoplásico. As modalidades primárias básicas desse tratamento são quimioterapia (QT) e radioterapia (RT), as quais não são capazes de destruir células tumorais sem lesionar as células normais, favorecendo o desenvolvimento de complicações orais agudas ou tardias, dentre essas destaca-se a mucosite, xerostomia, disgeusia, cáries de radiação, trismo, osteorradionecrose. Os impactos dependem do tipo de terapia utilizada, das condições de saúde do paciente e características do tumor. O objetivo do presente estudo foi realizar um levantamento epidemiológico com pacientes em tratamento quimioterápico no Centro de Oncologia de Cascavel – filial de Francisco Beltrão (CEONC), descrevendo as principais alterações bucais percebidas pelos pacientes, bem como o nível de conhecimento destes quanto aos efeitos adversos da QT na cavidade bucal. Para isso foram entrevistados 57 pacientes sob QT no CEONC, no qual foram utilizados questionários para elencar os dados contendo perguntas relacionadas à história médica, presença de alterações bucais e qualidade de informações recebidas sobre estas. Observou-se que as alterações bucais mais acometidas foram xerostomia, mucosite e disfagia, além disso foi possível observar um baixo nível de entendimento dos pacientes quanto a associação destas alterações com a QT e que as informações repassadas através da equipe médica para os pacientes leigos sobre as alterações causadas decorrentes do tratamento antineoplásico sejam superficiais. Diante disso, é essencial a inclusão do cirurgião dentista na assistência oncológica para que possa elaborar um plano de tratamento com intuito de prevenir ou controlar a ocorrência das complicações.
Publicado
2019-07-17
Como Citar
ROTTINI, Bruna Kamila; LIMA, Tainá Antunes de; GUERRA, Leticia de Freitas Cuba. PERCEPÇÃO DOS PACIENTES ONCOLÓGICOS, SOB QUIMIOTERAPIA, QUANTO ÀS COMPLICAÇÕES ORAIS ADVINDAS DO TRATAMENTO ANTINEOPLÁSICO EM UM HOSPITAL DO SUDOESTE PARANAENSE. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. S5, p. 23-36, jul. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2791>. Acesso em: 18 ago. 2019.