INCIDÊNCIA DE MICRORGANISMOS EM INFECÇÕES NO TRATO URINÁRIO E SUA RELAÇÃO COM O ANTIBIOGRAMA EM UM LABORATÓRIO DA REGIÃO DO NOROESTE DO PARANÁ

  • Gabriela Gonçalves Brambilla Centro Universitário Ingá-UNINGÁ
  • Alessandra Barrochelli da Silva Ecker

Resumo

As infecções do trato urinário são causadas por microrganismos, sejam eles bactérias ou fungos, porém os que mais acometem a população são as bactérias. Essas podem se instalar tanto no trato urinário superior ou inferior, desenvolvendo diferentes sinais e sintomas. O objetivo dessa pesquisa foi verificar a incidência de infecções urinárias no ano de 2017 e a sua relação com o antibiograma em um laboratório da região do Noroeste do Paraná, sendo uma pesquisa exploratória longitudinal retrospectiva, qualitativa e quantitativa. Como resultado, obteve-se um total de 25 uroculturas de pacientes, totalizando 22 resultados positivos (88%) e 3 resultados negativos (12%). Dos resultados positivos, 84% eram de indivíduos do sexo feminino e 16% de indivíduos do sexo masculino. Com relação à faixa etária, os mais acometidos foram os idosos acima de 60 anos, isso se deve á fatores como alterações fisiológicas do envelhecimento e a diminuição da imunidade. Dos microrganismos isolados, a bactéria predominante foi a Escherichia coli (60%) seguido da Klebsiella pneumoniae (12%), Morganella morganii (4%), Enterococcus sp (4%), Aeromonas hydrophila (4%) e Citrobacter koseri (4%). Conforme o antibiograma, os bacilos Gram negativos da família das Enterobactérias foram menos susceptíveis aos antimicrobianos da classe das penicilinas, cefalosporinas e quinolonas, sendo mais sensíveis aos aminoglicosídeos. Conclui-se que é necessário orientar os indivíduos sobre os riscos que essa enfermidade pode oferecer e enfatizar que a recomendação terapêutica correta é de extrema importância, bem como a posologia indicada pelo médico, a fim de evitar cepas mais resistentes perante o uso inadequado desses antimicrobianos.
Publicado
2019-11-22
Como Citar
BRAMBILLA, Gabriela Gonçalves; ECKER, Alessandra Barrochelli da Silva. INCIDÊNCIA DE MICRORGANISMOS EM INFECÇÕES NO TRATO URINÁRIO E SUA RELAÇÃO COM O ANTIBIOGRAMA EM UM LABORATÓRIO DA REGIÃO DO NOROESTE DO PARANÁ. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 4, p. 85-97, nov. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2743>. Acesso em: 08 dez. 2019.
Seção
Artigos