ANÁLISE OBJETIVA DA ALTERAÇÃO DE COR RESULTANTE DO CLAREAMENTO DENTAL: RELATO DE DOIS CASOS CLÍNICOS

  • Maria Clara Semprebom Centro Universitário Ingá
  • Marcia Cristina Hickmann Reolon Centro Universitário Ingá
  • Luiz André Pordeus Batista Centro Universitário Ingá
  • Aline Akemi Mori Centro Universitário Ingá
  • Núbia Inocencya Pavesi Pini Centro Universitário Ingá
  • Daniel Sundfeld Neto Centro Universitário Ingá

Resumo

O clareamento dental, atualmente, é considerado o tratamento mais conservador em Odontologia Estética, sendo, com frequência, realizado por profissionais de diversas áreas. Diferentes métodos são utilizados para analisar a cor dos dentes dos pacientes submetidos ao clareamento, e, um deles é a análise objetiva espectrofotométrica. Esse trabalho tem como objetivo apresentar dois relatos de casos de clareamento dental de consultório em que a cor foi analisada de maneira subjetiva (Escala VITA®) e objetiva (espectrofotômetro EasyShade®). Dois pacientes que apresentavam a cor dos seus dentes como fator de insatisfação para o sorriso foram selecionados. Nenhum deles apresentava patologias dentárias. Após exame clínico detalhado e profilaxia dentária, foi confeccionada para cada paciente uma matriz de silicone que continha orifícios de diâmetro compatíveis com o do espectrofotômetro e, assim, permitia a padronização da medição objetiva da cor. Ambos os pacientes receberam o clareamento dental com peróxido de hidrogênio de alta concentração (Caso 1 - Opalescence Boost® 40%- Ultradent Products Ind.; Caso 2 Whiteness HP Maxx® 35% FGM Produtos Odontológicos). As medições de cor foram realizadas nos tempos inicial, imediatamente após a primeira aplicação do gel, após 7 dias da primeira aplicação e ao final do tratamento. Em ambos casos houve percepção subjetiva pelos observadores da efetividade do procedimento congruente com a variação observada nos valores obtidos pelo espectrofotômetro. O clareamento de consultório é uma técnica sacramentada pela literatura. Diferentes formas de aferição quanto à sua efetividade podem ser utilizadas com concordância satisfatória.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Cirurgiã Dentista pelo Centro Universitário Ingá
##submission.authorWithAffiliation##
Aluno de Mestrado em Prótese - Centro Universitário Ingá
##submission.authorWithAffiliation##
Mestre e Doutora em Odontologia. Docente no curso de Odontologia - Centro Universitário Ingá
##submission.authorWithAffiliation##
Orientadora, Mestre e Doutora em Odontologia. Docente no curso de Odontologia - Centro Universitário Ingá.
##submission.authorWithAffiliation##
Co-orientador, Mestre e Doutor em Odontologia. Docente no curso de Odontologia - Centro Universitário Ingá.
Publicado
2019-11-22
Como Citar
SEMPREBOM, Maria Clara et al. ANÁLISE OBJETIVA DA ALTERAÇÃO DE COR RESULTANTE DO CLAREAMENTO DENTAL: RELATO DE DOIS CASOS CLÍNICOS. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 4, p. 206-217, nov. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3008>. Acesso em: 08 dez. 2019.
Seção
Artigos