USO DE POLEIROS ARTIFICIAIS NA RECOMPOSIÇÃO DO BANCO DE SEMENTES EM ÁREA DE MATA CILIAR

Resumo

Matas ciliares são consideradas áreas de preservação permanente e incluem todos os tipos de vegetação que se vinculam às margens de rios com grande importância para a manutenção dos recursos hídricos. A recuperação natural de uma área degradada depende da chegada de sementes a este local, que podem ser transportadas por diversos meios, entre os quais, por aves. O objetivo do presente estudo foi avaliar o papel de poleiros artificiais como atrativos para aves e seu efeito na recomposição do banco de sementes de uma área de mata ciliar degradada, localizada no município de Doutor Camargo / Paraná – Brasil. Foram instalados 16 poleiros artificiais com coletores para as fezes das aves e 16 coletores sem a influência dos poleiros (controle). Os dados foram obtidos entre junho e setembro de 2010. Foram amostradas 3.673 sementes, das quais 2.945 estavam em meio às fezes de aves. Foram constatadas diferenças significativas na quantidade de sementes amostradas em coletores sem poleiros e com poleiros artificiais, demonstrando a importância dos poleiros como ferramenta auxiliar no processo de recuperação de áreas degradadas.
Publicado
2021-05-14
Como Citar
SERVILHERI, Jussara Gislaine et al. USO DE POLEIROS ARTIFICIAIS NA RECOMPOSIÇÃO DO BANCO DE SEMENTES EM ÁREA DE MATA CILIAR. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 36, p. eURJ3713, maio 2021. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/3713>. Acesso em: 28 set. 2021.
Seção
1º Seção: Meio Ambiente e Agrárias