CAPACITAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E DIFICULDADES DE IMPLEMENTAÇÃO DOS 20% DE CARGA HORÁRIA NESTA MODALIDADE

  • LETICIA TONIETE IZEPPE BISCONCIM UNINGÁ - Centro Universitário Ingá
  • WELINGTON JUNIOR JORGE UNINGÁ - Centro Universitário Ingá
  • DANIELA FERREIRA CORREA UNINGÁ - Centro Universitário Ingá
  • EDUARDO ALVES DE OLIVEIRA UNINGÁ - Centro Universitário Ingá

Resumo

O presente estudo, ao reconhecer a Educação a Distância (EaD) como um autêntico modelo de educação abrangente em todas as regiões do mundo, buscou investigar os primeiros desafios de implementação desse novo cenário, que extrapola os limites de tempo e espaço, precisando atuar no contexto da diversidade, das mudanças, transformações e multimodalidades. Os estudos de Castells (1999), Kenski (2009), Buran (2012) e Kress (2003) referenciam esse cenário, ajudando na compreensão de uma sociedade em rede, sem limites para o alcance da informação. Desse modo, por meio de uma pesquisa descritiva, buscou-se estudar um caso particular, um sistema determinado, compreendendo seu funcionamento e identificando as principais dificuldades na implementação dos 20 por cento de Educação a Distância. A falta de adaptação e envolvimento dos alunos com o processo, acarretaram um baixo rendimento, mostrando que atitudes dos estudantes e sua autonomia são essenciais para o bom andamento dos estudos em curso em EaD.

Publicado
2018-07-27
Como Citar
BISCONCIM, LETICIA TONIETE IZEPPE et al. CAPACITAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E DIFICULDADES DE IMPLEMENTAÇÃO DOS 20% DE CARGA HORÁRIA NESTA MODALIDADE. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 33, n. 2, p. 30 - 44, jul. 2018. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/2275>. Acesso em: 20 out. 2018.