MAPEAMENTO GEOTÉCNICO DO SUBSOLO DE LUCAS DO RIO VERDE – MT COM BASE EM ENSAIOS DPL E SPT

  • MAYANY LUPATINI
  • KATIANE BACKES BRUNHAUSER
  • FRANCIELI SCHOENHALS DELAVY Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT campus de Sinop-MT
  • GUSTAVO HENRIQUE NUNES
  • JOÃO PAULO BOFF ALMEIDA
  • FLÁVIO ALESSANDRO CRISPIM

Resumo

No que diz respeito à investigação do subsolo de áreas urbanas, o mapeamento geotécnico é um documento que contém informações do subsolo de maneira sistematizada, de modo a orientar a elaboração de estratégias de planejamento urbano quanto ao uso e ocupação do solo. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo confeccionar cartas geotécnicas do subsolo da área urbana de Lucas do Rio Verde com base em dados de ensaios DPL e SPT. Para a criação do banco de dados, realizou-se o levantamento de dados topográficos, geológicos e geotécnicos. As informações geotécnicas foram obtidas por meio de 66 relatórios de sondagem SPT e de 11 relatórios de ensaio DPL. Por meio do ensaio DPL obteve-se o comportamento da resistência do solo, da resistência de ponta e do atrito lateral ao longo da profundidade. Com os dados dos relatórios SPT obteve-se o NSPT médio em 7 intervalos de profundidade gerando 7 cartas geotécnicas. Assim, pode-se concluir que o subsolo é composto por solo dos tipos areia, silte e argila de granulação média à fina. O NSPT variou de 1 a 41 e o N10 de 1 a 32, com o avanço da profundidade. De modo geral, o mapa de zoneamento urbano do município encontra-se condizente com o mapeamento geotécnico realizado.

Publicado
2018-07-27
Como Citar
LUPATINI, MAYANY et al. MAPEAMENTO GEOTÉCNICO DO SUBSOLO DE LUCAS DO RIO VERDE – MT COM BASE EM ENSAIOS DPL E SPT. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 33, n. 2, p. 151 - 179, jul. 2018. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/2232>. Acesso em: 15 dez. 2018.