A SÍNDROME DE PETER PAN NA CONTEMPORANEIDADE

  • VIVIANE REGINA ANDRADE NASCIMENTO
  • JHAINIEIRY CORDEIRO FAMELLI FERRET

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal descrever asíndrome de Peter Pan na contemporaneidade. O autorDan Kiley escreveu sobre a síndrome há mais de três décadas,e na época foi descrita como uma síndrome portadaapenas por pessoas do gênero masculino. Atualmente asíndrome é descrita como adolescência prolongada ou atémesmo “geração canguru” que abrange além do gêneromasculino, também o gênero feminino como portador destessintomas que em sua maioria corresponde a imaturidade,ansiedade, irresponsabilidade, solidão, chauvinismo enarcisismo. As causas e sintomas deste problema que estãocada vez mais presentes na vida dos jovens adultos acimade 25 anos. Estes insistem em depender dos pais, mesmotendo a independência financeira. Isso deve-se ao fato denão ter adquirido a independência psicológica para assumirsuas responsabilidades e essa falta de suporte psicológicosão os sintomas da síndrome de Peter Pan. A pesquisa realizadafoi de cunho bibliográfico e pode-se perceber nesteartigo que além das causas e sintomas causados pela criaçãodestes jovens, a sociedade e a economia atual colaborampara que a síndrome se torne algo cada vez mais comum.
Publicado
2015-12-10
Como Citar
NASCIMENTO, VIVIANE REGINA ANDRADE; FERRET, JHAINIEIRY CORDEIRO FAMELLI. A SÍNDROME DE PETER PAN NA CONTEMPORANEIDADE. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 24, n. 3, dez. 2015. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/1721>. Acesso em: 18 out. 2019.