A INCLUSÃO DO ODONTOPEDIATRA NOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS

  • SONIA PINEDA VICENTE
  • SÉRGIO SPEZZIA
  • CLAÚDIA CINELLI GARRUBBO
  • IVY HARALAMBOS BASSOUKOU RIBEIRO
  • MARIA CRISTINA MASTRANTONIO FÁVERO
  • MARIA SALETE NAHÁS PIRES CORRÊA
  • SILVANA VIANA MONTEIRO FRASCINO
  • SIMONE LAUCIS PINTO RAMASAUSKA
  • MIRIAM PETRELLA RÉ
  • KARLA MAYRA PINTO E CARVALHO REZENDE
  • JOSÉ CARLOS PETTOROSSI IMPARATO
  • PATRÍCIA VALÉRIA CUNHA GEORGEVICH
  • SYLVIA LAVÍNIA MARTINI FERREIRA
  • MÁRCIA MOREIRA
  • AMANDA LOPES TEIXEIRA
  • SANDRA KALIL BUSSADORI
  • MARCO ANTÔNIO MANFREDINI

Resumo

Odontopediatria é a especialidade que tem como objetivo odiagnóstico, a prevenção, o tratamento e o controle dosproblemas de saúde bucal do bebê, da criança e do adolescente;a educação para a saúde bucal e a integração dessesprocedimentos com os dos outros profissionais da área dasaúde. Na atualidade a Odontopediatria tem seu foco voltadopara prevenção, tendendo a atender as crianças cadavez mais precocemente, além disso, procura-se durante oatendimento, promover tratamento compatível com as necessidadesapresentadas. O objetivo deste artigo foi analisara assistência odontológica prestada as crianças nos CEO,bem como a efetividade nesses atendimentos. A assistênciaodontológica infantil deve ocorrer na atenção básica e deveestar apta para atendimentos também nos CEO, dessaforma pode ocorrer assistência especializada através daatuação do odontopediatra, suprindo a demanda e cessandoa dificuldade nos atendimentos. Concluiu-se que existe anecessidade do odontopediatra nos CEO, baseado na necessidadede mudar o perfil de cáries na faixa etária, principalmentede 5 anos, onde não houve melhorias nos últimoslevantamentos, Projetos SB Brasil 2003 e 2010 e devidotambém não se ter atingido o perfil esperado pela OMSpara assistência a saúde bucal infantil.
Publicado
2018-01-19
Como Citar
VICENTE, SONIA PINEDA et al. A INCLUSÃO DO ODONTOPEDIATRA NOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 24, n. 3, jan. 2018. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/1711>. Acesso em: 18 jun. 2019.