GESTÃO HOSPITALAR: FATORES QUE INFLUENCIAM NA ROTATIVIDADE DO PROFISSIONAL ENFERMEIRO

  • CAMILLA FERNANDA FERREIRA
  • ELIANE ALICRIM DE CARVALHO

Resumo

No atual cenário nacional de crise econômica, é possíveldizer que algumas organizações hospitalares estão passandopor momentos difíceis financeiramente, e demissões emmassa vêm acontecendo no decorrer do ano de 2015. Segundoreportagem do jornal Folha de São Paulo1 on-line,em julho deste ano o aumento de desligamentos de trabalhadoreschegou a 700%, um número significativo. Assim,portanto, estudar o processo de rotatividade dentro de umaorganização pode ser um meio para criar estratégias para adiminuição de custos. O presente estudo consiste de umapesquisa com base em revisão bibliográfica visando reverquais são os fatores que costumam influenciar no processode rotatividade hospitalar na área da enfermagem. A partirde estudos já realizados nessa área foi, então, possível identificarvários fatores que tem influenciado no processo derotatividade na área da enfermagem, fatores dentre osquais é possível citar alguns que apareceram com maiorfrequência, como os relacionados à remuneração salarial, aquestões de liderança, ao reconhecimento profissional e àscondições do ambiente de trabalho. A partir dessa revisãobibliográfica foi, então, possível concluir que o profissionalda enfermagem necessita de mais reconhecimento profissional,pois, percebendo faltar-lhes valorização profissional,isso contribui para que migrem de organização em organizaçãoem busca de melhoras.
Publicado
2015-12-10
Como Citar
FERREIRA, CAMILLA FERNANDA; DE CARVALHO, ELIANE ALICRIM. GESTÃO HOSPITALAR: FATORES QUE INFLUENCIAM NA ROTATIVIDADE DO PROFISSIONAL ENFERMEIRO. REVISTA UNINGÁ REVIEW, [S.l.], v. 24, n. 3, dez. 2015. ISSN 2178-2571. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uningareviews/article/view/1710>. Acesso em: 18 out. 2019.