INTRUSÃO DE MOLARES SUPERIORES COM ANCORAGEM EM MINI-IMPLANTES

  • Juliana Volpato Curi Paccini
  • Júnior Carlos Santana Saraiva
  • Vírgilio de Miranda Camargo
  • Rodrigo Hermont Cançado
  • Karina Maria Salvatore de Freitas UNINGÁ
  • Fabricio Pinelli Valarelli

Resumo

A perda de dentes posteriores pode ter como consequência a extrusão dos antagonistas acarretando problemas periodontais e interferências oclusais. As extrusões dentárias são de difícil correção e por isso recomenda-se fazer uma ancoragem esquelética que proporcione um adequado controle de forças, tanto em magnitude quanto em direção para a intrusão desse dente no rebordo alveolar. A ancoragem absoluta com mini-implantes viabiliza a intrusão de dentes posteriores, minimizando os efeitos colaterais em dentes adjacentes. Contudo os mini-implantes devem ser utilizados com cautela desde o momento da sua instalação, aplicação de forças e movimentação do dente a ser intruído. O presente trabalho relata um caso clínico com perdas dos molares inferiores, extrusão bilateral dos molares superiores e o tratamento de intrusão de molares utilizando mini-implantes como ancoragem absoluta.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Editora-Chefe da Revista UNINGÁ

Coordenadora do Mestrado em Odontologia da UNINGÁ

Publicado
2017-10-23
Como Citar
CURI PACCINI, Juliana Volpato et al. INTRUSÃO DE MOLARES SUPERIORES COM ANCORAGEM EM MINI-IMPLANTES. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. 1, p. 111-120, out. 2017. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/771>. Acesso em: 20 jul. 2018.
Seção
Artigos