CONDUTA DESAFIADORA E BEM-SUCEDIDA EM TRAUMA DENTOALVEOLAR: RELATO DE CASO

Resumo

O trauma dentoalveolar é uma adversidade frequente para o sistema de saúde e necessita de diagnóstico e intervenção precoce. A gravidade dessas lesões pode variar de acordo com a sua classificação, de simples trincas em esmalte a avulsões do órgão dental e fraturas ósseas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é relatar um caso clínico de trauma dentoalveolar associado a fratura do bloco ósseo em região anterior de maxila, tratado tardiamente por meio de redução bidigital e esplintagem. Paciente do sexo masculino, vítima de acidente automobilístico, compareceu ao serviço de emergência 04 dias após o trauma. Durante o exame físico maxilofacial foi possível observar presença de mobilidade em bloco anterior de maxila e luxação lateral dos dentes anteriores. Na tomografia de face foi possível analisar a presença de linha de fratura em tábua vestibular e palatina da região anterior da maxila, assim como luxação lateral envolvendo as unidades 12, 11, 21 e 22. Apesar do longo período pós-trauma, o tratamento proposto foi a redução fechada, associada a instalação de contenção semirrígida, proporcionando estabilidade ao segmento fraturado e ambiente propício para correta cicatrização óssea. O manejo inicial do trauma dental tem grande influência no prognostico, no entanto, foi possível observar por meio desse caso, que o tratamento tardio apresenta resultados satisfatórios, auxiliando no reestabelecimento da função e estética do paciente de forma menos invasiva.
Publicado
2021-07-20
Como Citar
LEAL, Matheus Gonçalves Ferreira et al. CONDUTA DESAFIADORA E BEM-SUCEDIDA EM TRAUMA DENTOALVEOLAR: RELATO DE CASO. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 58, p. eUJ4013, jul. 2021. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/4013>. Acesso em: 28 set. 2021.
Seção
Artigos