EFEITOS FARMACOLÓGICOS E IMUNOMODULADORES DA CLOROQUINA NA INFECÇÃO POR SARS-COV-2

  • Vergílio Pereira Carvalho
  • Nivia Cristina Ferreira
  • Adrialdo José Santos
  • Eraldo Ribeiro Ferreira Leão de Moraes
  • Hugo Leonardo Shigenaga Ribeiro
  • Felipe Candido Goulart
  • Kênia Alves Barcelos
  • Ana Paula Fontana
  • Lilian Martins Lacerda
  • Nayara Lôbo Coelho
  • Amara Chebli Baptista
  • Alissa Paodiam da Silva
  • Bruno Perin Kuster
  • Michele Vieira Dato Sant'Anna
  • Daniella Mendes de Souza Sobrinho
  • Amanda Alves Sobrosa
  • Jair Pereira de Melo Júnior

Resumo

Em dezembro de 2019, pacientes com sintomas respiratórios compareceram em algumas instituições médicas em Wuhan, na China e foram posteriormente diagnosticados com um novo tipo de pneumonia por coronavírus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) em fevereiro de 2020 considerou a doença como uma Emergência em Saúde Pública, tratando-se de uma pandemia, conhecida como Corona Virus Disease 2019 (CoVid-19). Nesse sentido, objetiva-se com o presente artigo demonstrar registros na literatura que corroborem o uso da cloroquina no manejo clínico da CoVid-19. Trata-se de uma revisão bibliográfica, em que se utilizou as seguintes bases de dados referenciais: Biblioteca Virtual de Saúde (Bvs), Web of Science; Periódico da Capes; SciELO; PubMed e LILACS. A avaliação crítica dos artigos selecionados para redação do artigo foi realizada mediante a ferramenta Critical Appraisal Tool (CAT). Por sua vez, compreende-se que a cloroquina pode inibir a replicação de vários vírus, interagindo com a entrada viral mediada por endossoma ou com os estágios finais da replicação de vírus envolvidos. Além disso, o uso de cloroquina concomitante ao remdesivir pode ter desfechos promissores até que uma vacina possa ser desenvolvida. Portanto, a cloroquina apresenta propriedades imunomoduladoras que podem ser de interesse nas infecções virais associadas à inflamação e/ou ativação imune, necessitando de pesquisas adicionais e considerando sempre seu potencial de toxicidade ao organismo humano.
Publicado
2020-06-30
Como Citar
CARVALHO, Vergílio Pereira et al. EFEITOS FARMACOLÓGICOS E IMUNOMODULADORES DA CLOROQUINA NA INFECÇÃO POR SARS-COV-2. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 57, n. 2, p. 47-62, jun. 2020. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3517>. Acesso em: 07 ago. 2020.
Seção
Artigos