IMPLANTES DENTÁRIOS EM PACIENTES SUBMETIDOS À RADIOTERAPIA EM REGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO: REVISÃO DE LITERATURA

Resumo

A reabilitação de pacientes que passaram por tratamento radioterápico em região de cabeça e pescoço ainda é um desafio para a implantodontia. O presente trabalho tem como objetivo discutir a instalação de implantes dentários em pacientes submetidos a tratamento radioterápico na região de cabeça e pescoço. Trata-se de um estudo de revisão de literatura, considerando as publicações de artigos originais e de revisão, do ano de 2002 a 2020. A pesquisa constou das seguintes palavras-chave: implants, osteoradionecrosis, neoplasms in oral cavity, hyperbaric oxygen therapy, laser therapy, ozone therapy e dental implants in irradiated bones. Nas bases de dados: PubMed, SciELO e Bireme. Os critérios de inclusão de artigos no estudo foram: abordar sobre neoplasias orais, o tratamento das sequelas que podem ser geradas e a instalação de implantes em ossos que sofreram irradiação. A análise foi realizada considerando informações específicas de cada artigo relacionadas ao idioma, ano de publicação, tipo de pesquisa e o resultado dos dados, que na maioria dos casos mostrou-se positivo à instalação de implantes caso se considerem alguns fatores. Com a mudança nos conceitos de tratamento, o avanço da odontologia ao utilizar o planejamento tridimensional e guias cirúrgicos, a evolução do aprimoramento da superfície do titânio e o cumprimento do tempo mínimo de 12 meses do fim da irradiação, é possível obter-se uma previsibilidade no tratamento protético de pacientes submetidos à radioterapia em região de cabeça e pescoço.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Professor Colaborador da Universidade do Grande Rio
Publicado
2021-03-11
Como Citar
TEIXEIRA, Diego de Andrade; SOUSA, João Natã Germano Anacleto de; SILVA, Ednaldo José da. IMPLANTES DENTÁRIOS EM PACIENTES SUBMETIDOS À RADIOTERAPIA EM REGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO: REVISÃO DE LITERATURA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 58, p. eUJ3435, mar. 2021. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3435>. Acesso em: 19 abr. 2021.
Seção
Artigos