AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA IN VITRO DO ÓLEO ESSENCIAL DE Eucalyptus urograndis EM CEPAS PADRÃO DE BACILOS GRAM NEGATIVOS

  • Franciele Mylena Esteves
  • Alessandra Barrochelli da Silva Ecker

Resumo

Infecções de origem clínica contemplam uma ampla variedade de bactérias com resistência a antimicrobianos, sendo um exemplo Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa, esses bacilos gram-negativas (BGN) causam com regularidade infecções no trato urinário. Grandes quantidades de fármacos obtidos através da síntese orgânica têm sido utilizadas no tratamento de infecções, o gênero Eucalyptus tem eficácia no combate de afecções das vias respiratórias, dores de estômago, diabetes, cistites e diarreia. Sendo primordial a avaliação da composição química, atividades antioxidante e antimicrobiana, uma vez que determinará a bioatividade de cada óleo essencial. O objetivo desse trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana do óleo essencial de Eucalyptus urograndis em cepas padrão de bacilos gram-negativos. O óleo foi extraído pelo método de Clevenger, e o teste de susceptibilidade antibacteriana in vitro foi realizada através do método de microdiluição em caldo, de acordo com o Clinical and Laboratory Standards Institute (M27-A3), com modificações. A análise do óleo demostrou predomínio do composto citronelol que possui atividade antimicrobiana. Foram testadas duas cepas padrão: Escherichia coli ATCC 25922 e Pseudomonas aeruginosa ATCC 27853. Foi realizada a Concentração Inibitória Mínima (CIM) em placas de 96 poços e alíquotas foram semeadas em Mueller Hinton ágar para confirmar o crescimento. A CIM para ambas as bactérias analisadas se mostrou sensível, sendo os valores obtidos para P.aeruginosa considerados com maior relevância. O uso do óleo essencial de E.urograndis mostrou-se eficaz como agente antimicrobiano, podendo ser considerado no desenvolvimento de novos antibacterianos.
Publicado
2020-03-30
Como Citar
ESTEVES, Franciele Mylena; ECKER, Alessandra Barrochelli da Silva. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA IN VITRO DO ÓLEO ESSENCIAL DE Eucalyptus urograndis EM CEPAS PADRÃO DE BACILOS GRAM NEGATIVOS. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 57, n. 1, p. 11-23, mar. 2020. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3330>. Acesso em: 07 jul. 2020.
Seção
Artigos