PREVALÊNCIA E FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM ACADÊMICAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA

Resumo

A incontinência urinária, de etiologia multifatorial, pode ocorrer em diferentes idades e sexo, afetando de maneira adversa a qualidade de vida das pessoas que são acometidas. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivo identificar a prevalência e os fatores de risco associados à incontinência urinária em acadêmicas do curso de Fisioterapia de uma Instituição de Ensino Superior, em Maringá - PR. Para isso, realizou-se uma pesquisa do tipo exploratória, de caráter transversal, quantitativa e descritiva, que teve como base a aplicação de questionários nas dependências da instituição. As acadêmicas receberam a Ficha para Identificação dos Fatores de Risco e o questionário International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form (ICIQ-SF), para preenchimento. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente, sendo apresentados em: médias, desvio-padrão, frequências e porcentagens. Para avaliar a associação entre variáveis foi utilizado o teste de Qui-quadrado. A amostra foi composta por 79 participantes, destas apenas 16 (20,3%) apresentaram incontinência e somente a infecção urinária (p=0,020) foi o fator de risco identificado neste estudo. Concluiu-se que apenas uma parcela das acadêmicas apresentou incontinência urinária e, entre os fatores de risco avaliados, somente a infecção urinária evidenciou associação com a perda involuntária de urina.
Publicado
2021-03-11
Como Citar
FERNANDES, Carolina; RAFAEL OGNIBENI, Luciana Cristina. PREVALÊNCIA E FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM ACADÊMICAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 58, p. eUJ3233, mar. 2021. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3233>. Acesso em: 17 set. 2021.
Seção
Artigos