TRATAMENTO ENDODÔNTICO EM DENS IN DENTE: REVISÃO DE LITERATURA

Resumo

Dens in dente é uma anormalidade descrita como o dobramento do órgão do esmalte na papila dentária durante o estágio de formação. Acomete principalmente os incisivos laterais superiores, sendo sua frequência de ocorrência de 0,04% a 10%. O objetivo deste trabalho é apresentar as diferentes intervenções clínicas descritas na literatura com foco na necessidade de tratamento endodôntico em casos de dens in dente. Foi realizada uma busca nas bases de dados PubMed, Biblioteca Virtual da Saúde (BVS) e Google Acadêmico utilizando as palavras-chave: “dens in dente”, “dens invaginatus”, “dental malformation”, “endodontic treatment”, “root canal treatment”, “endodontic therapy”, “endodontics” combinadas com os operadores booleanos “AND” e “OR”. O tratamento do dens in dente inclui o selamento de esmalte, tratamento endodôntico, tratamento cirúrgico combinado, reimplante intencional e extração. A escolha do tratamento depende de sua classificação, que pode ser dividido em tipo I, II ou III. O uso da tomografia tem sido indicado para diagnóstico e planejamento. A limpeza e a modelagem nesses casos se mostram de difícil complexidade. O uso de insertos ultrassônicos podem ser utilizados para potencializar os efeitos da substância química auxiliar na limpeza do canal. A técnica de obturação termoplastificada se mostra satisfatória por proporcionar um melhor preenchimento na obturação do canal radicular. Conclui-se que para a abordagem dos casos de Dens in dente, o profissional necessita ter conhecimento sobre diagnóstico, anatomia interna, interpretação radiográfica e tomográfica, e conhecer as possibilidades de intervenção clínica de acordo com a sua classificação.
Publicado
2021-03-11
Como Citar
HIDALGO, Karina Soares; TATEYAMA, Melissa Ayumi; ENDO, Marcos Sergio. TRATAMENTO ENDODÔNTICO EM DENS IN DENTE: REVISÃO DE LITERATURA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 58, p. eUJ2868, mar. 2021. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2868>. Acesso em: 19 abr. 2021.
Seção
Artigos