AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE SÓDIO EM DUAS UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL

Resumo

A pesquisa, realizada em duas Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN), pretendeu avaliar o consumo de sódio extrínseco dos comensais preconizado pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT). Analisou-se a quantidade de sal utilizada na ficha técnica, nas preparações das refeições e a quantidade de sal consumida nos saleiros. Comparou-se os valores de sódio entre as duas UANs, analisando a diferença entre o sódio estimado na ficha técnica em relação às preparações e ao sódio utilizado nos saleiros e comparados com valores de recomendações estabelecidos pelo PAT. Verificou-se diferença entre as duas UANs: sódio consumido no saleiro, sódio utilizado nas preparações, sódio estimado na ficha técnica e sódio das preparações somados com o sódio do saleiro. Na UAN 1, observou-se valores de sódio superiores nas preparações quando comparadas à ficha técnica, 1928,4 mg vs 1217,6 mg, respectivamente. Em ambas unidades, os valores da ficha técnica foram superiores à referência, 1217,6 mg para UAN 1 e 3112,4 mg para UAN 2, enquanto que os valores do saleiro foram inferiores à referência, 217,6 mg para UAN 1 e 283,2 mg para UAN 2. As unidades apresentaram consumo de sódio elevado, o que pode promover o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Visto que as duas unidades apresentaram resultados significativamente altos em relação à quantidade de sódio oferecida nas refeições, faz-se necessário reduzir o sal das preparações a fim de ofertar uma alimentação mais saudável.
Publicado
2020-12-23
Como Citar
ALESSIO, Alicia Macagnan; LUCCA, Stéfanie Simonis; BRUCH-BERTANI, Juliana Paula. AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE SÓDIO EM DUAS UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 57, n. 4, p. 23-33, dez. 2020. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2848>. Acesso em: 24 jan. 2021.
Seção
Artigos