O IMPACTO DA FISIOTERAPIA CARDIOVASCULAR NO TRATAMENTO DA SÍNCOPE VASOVAGAL: REVISÃO DE LITERATURA

  • Marina Menezes Gnann UNINGÁ
  • Luis Fernando Aguera Vieira

Resumo

A síncope vasovagal caracteriza-se por uma perda súbita e temporária da consciência, pode se tornar recorrente de maneira a gerar um déficit na qualidade de vida do indivíduo. Visto isso, objetivou-se analisar o impacto da reabilitação cardiovascular na síncope vasovagal, por meio de uma revisão dos artigos encontrados nos periódicos: medline, pubmed, scielo, lilacs e ebsco. Foram selecionados 9 artigos, os quais foram classificados os níveis de evidência, percebendo que as intervenções mais aplicadas são de manobras de abortamento, treinamento aeróbico e treinamento de inclinação. Após a análise das pesquisas, encontrou-se evidências sobre a eficácia e a importância da reabilitação cardiovascular através de tais intervenções nos portadores de síncope vasovagal, seja reduzindo as recidivas ou aumentando a tolerância ortostática.
Publicado
2019-04-05
Como Citar
GNANN, Marina Menezes; VIEIRA, Luis Fernando Aguera. O IMPACTO DA FISIOTERAPIA CARDIOVASCULAR NO TRATAMENTO DA SÍNCOPE VASOVAGAL: REVISÃO DE LITERATURA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. S4, p. 104-115, abr. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2744>. Acesso em: 26 abr. 2019.