ANEURISMA DE TRONCO CELÍACO NA PANCREATITE CRÔNICA: RELATO DE CASO

  • Rafael Egoroff Fogolin
  • Hélcio Watanabe

Resumo

A pancreatite crônica se caracteriza pela inflamação sustentada e substituição progressiva do parênquima pancreático por fibrose e calcificações. Clinicamente se manifesta por episódios de dor abdominal intensa, síndrome de má absorção e diabetes mellitus secundário. Portanto, este trabalho se objetiva em delinear um caso de Aneurisma de tronco celíaco na pancreatite crônica, associado ao tabagismo e diabetes melittus tipo 2. O diagnóstico é, por vezes, difícil e requer a combinação de uma série de exames laboratoriais, radiológicos e endoscópicos, cuja sensibilidade e a especificidade variam amplamente de acordo com o estágio clínico em que se encontra a doença, sendo fundamental a formulação de adequadas hipóteses diagnósticas. O tratamento da insuficiência exócrina se baseia na reposição de enzimas pancreáticas exógenas, descartando-se doenças associadas que possam agravar a má absorção. O tratamento da dor e sua correlação com um aneurisma de tronco celíaco passa a ter um difícil prognóstico, envolvendo profissionais da área clínica, endoscopistas, radiologistas e cirurgiões, uma vez que as decisões terapêuticas trazem importantes repercussões para a vida do paciente.
Publicado
2019-01-26
Como Citar
FOGOLIN, Rafael Egoroff; WATANABE, Hélcio. ANEURISMA DE TRONCO CELÍACO NA PANCREATITE CRÔNICA: RELATO DE CASO. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S2, p. 129-142, jan. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2731>. Acesso em: 21 set. 2019.