TEOR DE SÓDIO NO CARDÁPIO OFERECIDO A TRABALHADORES DE UM HIPERMERCADO DO INTERIOR DO RIO GRANDE DO SUL

  • Laís Baltazar
  • Simara Ruffato Conde
  • Márcia Keller Alves Faculdade Nossa Senhora de Fátima

Resumo

O Programa de Alimentação do Trabalhador tem como objetivo a melhoria da situação nutricional dos trabalhadores, visando promover sua saúde e prevenir as doenças profissionais. O objetivo desse trabalho foi avaliar a quantidade de sódio nas preparações oferecidas aos trabalhadores de um hipermercado inscrito no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT). Estudo transversal descritivo, onde foi analisada a quantidade de sódio nas preparações durante 16 dias. Para coleta de dados realizou-se a pesagem de três itens: quantidade de sal in natura usado na preparação; preparação pronta com o sal e sobra limpa. Foi realizada uma equação e comparado os resultados encontrados ao padrão estabelecido pelo PAT foi aplicado o Teste t, através do programa SPSS V-19. O consumo de sódio em todas as semanas foi significativamente superior ao recomendado pelo PAT. Os valores encontrados de sal ultrapassam os valores de recomendação máxima propostos pela última diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia, que sugere restringir o consumo diário de sal de cozinha para até 5 g. Quando comparada às recomendações de consumo de sódio (mg) indicadas pelo PAT, observou-se que houve diferença significativa entre a recomendação e a quantidade diária de sódio nas refeições, no entanto não ultrapassa as recomendações da OMS.

Biografia do Autor

Laís Baltazar
Associação Cultural e Científica Virvi Ramos – Faculdade Nossa Senhora de Fátima
Simara Ruffato Conde
Associação Cultural e Científica Virvi Ramos – Faculdade Nossa Senhora de Fátima
Publicado
2019-11-22
Como Citar
BALTAZAR, Laís; CONDE, Simara Ruffato; ALVES, Márcia Keller. TEOR DE SÓDIO NO CARDÁPIO OFERECIDO A TRABALHADORES DE UM HIPERMERCADO DO INTERIOR DO RIO GRANDE DO SUL. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 4, p. 187-194, nov. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2688>. Acesso em: 08 dez. 2019.
Seção
Artigos