EMPIEMA SUBDURAL APÓS QUADRO DE RINOSSINUSITE - RELATO DE CASO

  • Camila Aljonas
  • Sonia Eloiza Confortin Watanabe

Resumo

Embora quadro de rinossinusite seja relativamente comum e fácil de tratar, as complicações infecciosas que podem advir desta patologia, como as infecções intracranianas, têm um alto índice de morbidade e mortalidade e necessitam de reconhecimento rápido para intervenção antibiótica adequada, assim como drenagem cirúrgica de urgência. O presente trabalho tem como objetivo relatar o caso de um paciente diagnosticado com rinossinusite que evoluiu para empiema subdural, tendo ele sido tratado por meio de antibioticoterapia, porém com evolução desfavorável, morte encefálica.

Publicado
2018-11-30
Como Citar
ALJONAS, Camila; WATANABE, Sonia Eloiza Confortin. EMPIEMA SUBDURAL APÓS QUADRO DE RINOSSINUSITE - RELATO DE CASO. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S1, p. 66-69, nov. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2659>. Acesso em: 15 dez. 2018.