EDEMA PULMONAR POR PRESSÃO NEGATIVA: RELATO DE CASO

RELATO DE CASO

  • Julyanna Hyczy Kaminski
  • Fabrício Vasconcelos Ribeiro de Almeida

Resumo

O edema pulmonar por pressão negativa é uma entidade rara com uma incidência de 0,1% dos pacientes submetidos a anestesia geral. É uma intercorrência pós anestésica que se inicia pelo fechamento da glote durante inspiração profunda, com esforço inspiratório após extubação traqueal, aumentando a pressão negativa intratorácica e ocorrendo transudação de líquido para interstício pulmonar. O edema pulmonar por pressão negativa ocorre devido ao fechamento da glote durante inspiração profunda após extubação traqueal. O objetivo desse artigo foi relatar um caso de edema pulmonar por pressão negativa após extubação de uma paciente submetida a amigdalectomia.


 


PALAVRAS-CHAVE: Edema pulmonar de pressão negativa, edema pulmonar pós-extubação, obstrução das vias aéreas superiores.

Publicado
2018-11-30
Como Citar
KAMINSKI, Julyanna Hyczy; DE ALMEIDA, Fabrício Vasconcelos Ribeiro. EDEMA PULMONAR POR PRESSÃO NEGATIVA: RELATO DE CASO. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S1, p. 14-17, nov. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2614>. Acesso em: 15 dez. 2018.