ENDOMETRIOSE INTESTINAL NA CONCOMITÂNCIA DA DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL: UM RELATO DE CASO

  • Mariana Raissa S Vieira
  • Dayane Cristine Q P Lopes
  • Hélcio Watanabe

Resumo

RESUMO
 
 A endometriose é uma doença crônica, inflamatória, estrogênio-dependente que ocorre durante o período reprodutivo da vida da mulher, caracterizando-se pela presença de tecido endometrial, glândula e/ou estroma, fora da cavidade uterina. Esse trabalho tem como objetivo descrever um caso de endometriose intestinal na concomitância da doença inflamatória intestinal e a escolha correta de seu tratamento, em um hospital do norte do Paraná. Indicam claramente que as mulheres com endometriose têm sintomas intestinais que não parecem estar relacionados com a real participação da Endometriose intestinal, mas associado a uma anormalidade intrínseca na parede intestinal. Isto imediatamente abre a porta para a noção de que as mulheres que desenvolvem Endometriose tem subjacente anormalidades endócrinas e metabólicas que diferem significativamente das mulheres que não têm Endometriose levando à conclusão de que a endometriose é uma doença muito mais complexa do que simplesmente os implantes de endométrio que surgem em locais aonde não pertencem. O tratamento cirúrgico parece ser a terapia definitiva para as mulheres com sintomas dolorosos exacerbados. O objetivo final de todos os tratamentos é a promoção de uma melhora na qualidade de vida das mulheres.
 
Palavras-Chaves: endometriose intestinal, doença inflamatória intestinal e cirurgia.
Publicado
2018-12-07
Como Citar
VIEIRA, Mariana Raissa S; LOPES, Dayane Cristine Q P; WATANABE, Hélcio. ENDOMETRIOSE INTESTINAL NA CONCOMITÂNCIA DA DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL: UM RELATO DE CASO. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S2, p. 54-63, dez. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2597>. Acesso em: 20 mar. 2019.