FLUORETAÇÃO NO ABASTECIMENTO PÚBLICO: ESTUDO DE CASO EM UBERABA-MG

  • Cristiane Caetano Servato
  • Afonso Pelli Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar as concentrações de flúor nas águas de abastecimento público na cidade de Uberaba, com finalidade de observar se a quantidade de flúor empregada é suficiente para prevenir a cárie dentária e se está de acordo com a legislação vingente. Para medir a quantidade de flúor na água foi utilizado método espectrofotométrico e kit da Merck®. Constatou-se que todas as regiões amostradas apresentaram concentrações de flúor satisfatórias conforme Portaria do Ministério da Saúde. Em função das controvérsias quanto à fluoretação da água de abastecimento público, novos estudos são necessários para determinar o melhor método para prevenção da cárie dentária.
Publicado
2018-12-20
Como Citar
SERVATO, Cristiane Caetano; PELLI, Afonso. FLUORETAÇÃO NO ABASTECIMENTO PÚBLICO: ESTUDO DE CASO EM UBERABA-MG. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. S3, p. 96-105, dez. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2466>. Acesso em: 25 ago. 2019.