INFLUÊNCIA DA FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA FLEXIBILIDADE DE IDOSOS HIPERTENSOS E DIABETICOS

  • Franciele Aparecida Amaral
  • Nei Adão Ribeiro De Freitas Universidade Estadual do Centro-Oeste
  • Evelucy Chagas Almeida
  • Luis Paulo Gomes Mascarenhas

Resumo

RESUMO:  A hipertensão arterial sistêmica (HAS) e a Diabetes Mellitus são DCNTs com maior predomínio na população idosa por suas alterações metabólicas e hormonais, associados ao estilo de vida. Com o envelhecimento, órgãos e sistemas sofrem alterações permitindo movimentos mais lentos, alterações no equilíbrio dinâmico e estático e a perda da elasticidade do aparelho locomotor. A alteração na força muscular e a perda da flexibilidade influencia na postura e equilíbrio agravando os riscos de quedas, reduzindo a velocidade da marcha com limitação nas atividades de vida diária. Objetivos: Esta pesquisa verificou a influência da fisioterapia aquática na flexibilidade de idosos hipertensos e diabéticos pré e pós intervenção. Material e Métodos: Amostra 22 participantes 18 mulheres e 4 homens com idade entre 60 a 83 anos do HIPERDIA das UBS de Guarapuava. O grupo foi submetido ao teste de flexibilidade no banco Wells. Sendo realizadas 3 medidas e considerado a melhor. A avaliação foi realizada pré e pós a intervenção. A intervenção foi realizada em 2 meses 3 vezes na semana com duração de 40 min e foi constituída de exercícios de flexibilidade força e condicionamento aeróbico em água a 33ºC. Resultados: O presente trabalho obteve diferença estatisticamente significante na melhora da fleximetria (p=0,002) após intervenção da fisioterapia aquática.  Considerações finais: Conclui se que o presente estudo demonstrou que o programa de Fisioterapia Aquática aplicada aos idosos do grupo de HIPERDIA, gerou ganhos significantes na flexibilidade dos idosos. Entretanto é necessários novos estudos comparando a fisioterapia aquática a outra técnica.
Publicado
2019-04-05
Como Citar
AMARAL, Franciele Aparecida et al. INFLUÊNCIA DA FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA FLEXIBILIDADE DE IDOSOS HIPERTENSOS E DIABETICOS. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. S4, p. 1-11, abr. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2431>. Acesso em: 26 abr. 2019.