ENVELHECIMENTO ATIVO: O PAPEL DA FISIOTERAPIA NA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA: REVISÃO INTEGRATIVA

  • Francisco Luis Cunha Silva FACEMA
  • Wilson Ribeiro de Santana
  • Tatyanne Silva Rodrigues

Resumo

O envelhecimento é um fenômeno mundial, e é uma fase da vida no qual todos os indivíduos terão que passar um dia. Estima-se que até 2025, haverá mais de 30 milhões de pessoas idosas no país, o que pode resultar em 13% dos indivíduos com idade superior a 60 anos na população brasileira. A importância da fisioterapia gerontológica nos dias atuais, é de conservar a função motora e cognitiva do idoso e ao mesmo tempo propiciando um retardamento das instalações das incapacidades decorrentes do processo de envelhecimento, ou reabilitando funcionalmente o idoso para as atividades de vida diária, dessa maneira este trabalho buscou discorrer sobre a atuação da fisioterapia na promoção da qualidade de vida do idoso. Trata-se de uma revisão integrativa de literatura onde os dados foram coletados nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, Scielo e Google acadêmico, utilizando os descritores “fisioterapia” “idoso”, associados a and. Ao todo foram analisados 19 artigos originais publicados entre os anos de 2012 a 2018, sendo que apenas 14 artigos foram usados para análise e discursão final. O ocorrido estudo possibilitou uma compreensão melhor da importância da fisioterapia na busca de um envelhecimento saudável e ativo.
Publicado
2019-04-05
Como Citar
SILVA, Francisco Luis Cunha; SANTANA, Wilson Ribeiro de; RODRIGUES, Tatyanne Silva. ENVELHECIMENTO ATIVO: O PAPEL DA FISIOTERAPIA NA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA: REVISÃO INTEGRATIVA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. S4, p. 134-144, abr. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2321>. Acesso em: 17 jun. 2019.