ANÁLISE DO TEOR DE SÓDIO A PARTIR DAS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS CONTIDAS EM RÓTULOS DE CONSERVAS VEGETAIS INDUSTRIALIZADAS

  • Silvana Cezar Faculdade Cenecista de Bento Gonçalves
  • Keli Vicenzi Faculdade Cenecista de Bento Gonçalves
  • Márcia Keller Alves Faculdade Nossa Senhora de Fátima

Resumo

Objetivo: O objetivo do estudo foi analisar o teor de sódio a partir das informações nutricionais contidas nos rótulos de conservas vegetais industrializadas. Método: Foram analisadas 43 conservas de vegetais, disponíveis em quatro redes de supermercados na cidade de Bento Gonçalves entre os meses de janeiro e fevereiro de 2015. Os rótulos foram analisados de modo a identificar a alegação da presença e do teor de sódio nos rótulos de conservas de vegetais incluindo pepino, cebola, beterraba, vagem, mini milho, cenoura, palmito, pimentão, couve flor, brócolis e rabanete de diferentes marcas. Para comparar o teor de sódio entre as conservas, considerou-se porção padrão de 100 gramas. Resultados: O teor médio de sódio encontrado entre as conservas analisadas foi de 598,20 miligramas de sódio por 100 gramas de conserva, sendo os maiores teores de sódio encontrados nas conservas de palmito e pepino. A ingestão de 100 gramas de algumas das conservas analisadas representa a ingestão média de 24,3% do recomendado diariamente. Conclusão: Este estudo mostrou que as conservas vegetais industrializadas apresentaram elevado teor de sódio, sendo necessário limitar o seu consumo.
Publicado
2019-03-12
Como Citar
CEZAR, Silvana; VICENZI, Keli; ALVES, Márcia Keller. ANÁLISE DO TEOR DE SÓDIO A PARTIR DAS INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS CONTIDAS EM RÓTULOS DE CONSERVAS VEGETAIS INDUSTRIALIZADAS. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 1, p. 77-84, mar. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2164>. Acesso em: 23 mar. 2019.
Seção
Artigos