ALEITAMENTO MATERNO EM MULHERES DA POPULAÇÃO CARCERÁRIA

  • Dyene Kelly Leopoldina Rodrigues da Silva Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA
  • Aline Cristina de Barros Ribeiro Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA
  • Ana Lucia Torres Devezas Souza Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA
  • Renata Martins da Silva Pereira UniFOA
  • Mariane de Paula Gomes Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA
  • Nelita Cristina Da Silva Teixeira Pereira Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA

Resumo

De modo geral, as penitenciárias no Brasil não foram arquitetadas para abrigar puérperas com seus filhos durante o período da amamentação. É direito da criança o aleitamento materno exclusivo desde o nascimento até os seis meses de vida. Objetivo: destacar, a partir de textos publicados, aspectos do aleitamento materno dentro das prisões.Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, descritiva e de natureza qualitativa. Foram analisados dez artigos. Os critérios de inclusão foram textos publicados entre os anos de 2014 a 2017, nos idiomas português e espanhol. Para busca elegeu-se os termos: Aleitamento materno, prisões e mulheres. Os resultados mostraram que 40% dos artigos foram publicados no ano de 2015, seguidos por 30% em 2014 e 30% em 2016; 70% eram pesquisas bibliográficas; e 90 % utilizaram análise qualitativa. Após a leitura e análise foram elaboradas duas categorias: Aleitamento Materno Prisional no Brasil e Arquitetura Prisional e o Processo de Amamentação. Conclui-se que há necessidade de ampliação das discussões sobre este tema, e é preciso que os profissionais da área de saúde tenham um olhar diferenciado sobre o aleitamento materno em mulheres da população carcerária, de modo que possam apoiar, orientar e facilitar a prática da amamentação nesse cenário.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Enfermeira. Especialista em Enfermagem Obstétrica. Mestre em Ensino de Ciências da Saúde e meio Ambiente. Doutoranda do PPGENFBIO da UNIRIO.

Publicado
2018-10-26
Como Citar
SILVA, Dyene Kelly Leopoldina Rodrigues da et al. ALEITAMENTO MATERNO EM MULHERES DA POPULAÇÃO CARCERÁRIA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. 3, p. 72-82, out. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2137>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Seção
Artigos