ESTUDO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE UMA FORMULAÇÃO COSMÉTICA

  • Aparecida Erica Bighetti
  • Patrícia Gisela Sampaio
  • Cintia Prado de Gusmão

Resumo

Antioxidantes são substâncias capazes de diminuir a oxidação induzida pelos radicais livres, minimizando o envelhecimento da pele. Há uma tendência da indústria cosmética em desenvolver formulações com ativos que retardam o envelhecimento cutâneo. O objetivo do trabalho foi a determinação da presença de antioxidantes em um produto cosmético e a averiguação de suas atividades antioxidantes. Para a determinação da presença dos antioxidantes utilizou-se o teste do poder redutor, que se baseia na capacidade do antioxidante de reduzir Fe3+ a Fe2+. Para a verificação da atividade antioxidante, utilizou-se o teste de redução do DPPH que, por medidas espectrofotométricas em 517 nm, calculou-se a atividade antioxidante em porcentagem (AA%) no início e após 30 minutos de incubação. Com os valores de AA %, após 30 minutos, calculou-se o IC50 para obtenção da concentração da amostra com capacidade de reduzir 50 % do DPPH. No teste do poder redutor, observou-se a mudança de coloração das soluções de amarela, característico do Fe3+, para a cor verde, do Fe2+. No teste do DPPH observou-se a descoloração da solução de DPPH, detectada em 517 nm e apresentada na forma de AA %. Os valores de IC50 foram 0,51 µg/mL para o padrão e 1,02 µg/mL para a amostra. Concluiu-se, pelos testes realizados, a indicação da presença de antioxidantes na amostra e a comprovação de sua atividade antioxidante no produto acabado, sendo que quanto maior a concentração do antioxidante, maior sua atividade antioxidante. Os valores de IC50 justificam a utilização do produto na prevenção do envelhecimento cutâneo

Publicado
2018-10-26
Como Citar
BIGHETTI, Aparecida Erica; SAMPAIO, Patrícia Gisela; DE GUSMÃO, Cintia Prado. ESTUDO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE UMA FORMULAÇÃO COSMÉTICA. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 55, n. 3, p. 1-13, out. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2107>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Seção
Artigos