GESTÃO NARCISISTA: OS IMPACTOS NA SAÚDE PSICOSSOCIAL DOS COLABORADORES

  • Steffany Klein Esteves Uningá
  • Jorge Manoel Mendes

Resumo

Este artigo tem como objetivo, mediante a teoria da psicodinâmica do trabalho, expor como a gestão narcisista pode desencadear o sofrimento no trabalhador que está sob sua subordinação dentro das organizações. Diante dos estudos foi possível observar que as condições que o capitalismo dispõe no mercado de trabalho, faz com que as pessoas naturalizem comportamentos narcísicos, gerando sofrimento psíquico nos colaboradores por ser desprovido de reconhecimento e significação do seu trabalho, além de presenciar assédio moral. Fatores que contribuem acentuadamente para uma psicopatologia.
Publicado
2019-03-12
Como Citar
ESTEVES, Steffany Klein; MENDES, Jorge Manoel. GESTÃO NARCISISTA: OS IMPACTOS NA SAÚDE PSICOSSOCIAL DOS COLABORADORES. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 56, n. 1, p. 140-147, mar. 2019. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/170>. Acesso em: 27 maio 2019.
Seção
Artigos