PREVALÊNCIA DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO EM IDOSOS RESIDENTES EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA NA CIDADE DE FARROUPILHA/RS

  • KELLIMAR ZUANAZZI
  • DJULI MILENE HERMES
  • THAÍS RODRIGUES MOREIRA
  • LOREDANA SUSIN

Resumo

Objetivou-se avaliar a prevalência de infecção do trato urinário (ITU) em idosos residentes de um asilo em Farroupilha/RS. Participaram do estudo 28 idosos, a avaliação das condições fisiológicas e psicossociais foi através de um questionário e para ITU realizou-se Exame Comum de Urina (EQU), Urocultura e Teste de Susceptibilidade aos Antimicrobianos (TSA). Os resultados apontaram uma prevalência de 35,71% de ITU, a Escherichia coli foi o patógeno mais incidente e o sexo feminino foi o mais acometido. O TSA demonstrou maior resistência do que sensibilidade. A prevalência de ITU em idosos residentes em asilos é expressiva e sugere-se uma investigação periódica, devido aos fatores de risco associados nesta população.
Publicado
2018-01-09
Como Citar
ZUANAZZI, KELLIMAR et al. PREVALÊNCIA DE INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO EM IDOSOS RESIDENTES EM UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA NA CIDADE DE FARROUPILHA/RS. REVISTA UNINGÁ, [S.l.], v. 52, n. 1, jan. 2018. ISSN 2318-0579. Disponível em: <http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/1382>. Acesso em: 15 set. 2019.
Seção
Artigos